O celular e a comunicação interpessoal.

Eduardo Sehnem Ferro | 08 de setembro de 2015

 

Atualmente é difícil encontrarmos alguém que não utiliza o aparelho celular diariamente, seja para uso profissional ou até mesmo para fins de entretenimento. Quantas vezes nos deparamos com a situação de esquecer o “bendito” aparelho em casa e parecer que estamos sem parte de nosso corpo?

O fato é que o celular tem o seu lado muito positivo, quando nos trás a facilidade de estreitar e agilizar a comunicação com aqueles que estão longe. Porém, olhando por outro lado, cada vez mais parece afastar os que estão perto!

Quem nunca vivenciou a situação de estar em meio a uma conversa, quando alguém resolve dar mais atenção ao celular do que a você? Fica aquela sensação de total falta de respeito e atenção ao que se está conversando.

Certo dia em uma pizzaria, acabei presenciando uma situação que me chamou atenção: eram 9 pessoas em uma mesa, um grupo de amigos que pareciam estar ali para confraternizar, porém eu pude contar 7 dessas pessoas entretidas com o celular durante um bom tempo, sem se quer olhar ou dar atenção para quem estava ao seu lado.

Certamente seria um absurdo sugerir que não usemos mais celular, é complicado viver sem ele. Mas é notório que ele está se transformando em um obstáculo para a comunicação interpessoal principalmente para aqueles que estão próximos. Portanto acredito que devemos saber o momento correto para usá-lo e para esquecer que ele existe!  Temos que saber aproveitar melhor alguns instantes que estamos com as pessoas que merecem total e exclusiva atenção de nossa parte.

    SEU NOME

    SEU TELEFONE

    SEU E-MAIL

    ASSUNTO

    MENSAGEM

    Validação Captcha
    captcha

    Rua Defendi Casagrande, 82 - São Cristóvão,

    Criciúma - SC - CEP 88802-600

    Telefone: (48) 3433-0123

    Whatsapp: (48) 3433-0123

    Telefone: (48) 3433 0123

    Desenvolvido por Blueberry - Marketing Digital

    Giovani Duarte Oliveira Advogados Associados © Todos os direitos reservados