Inadimplência no momento de Crise.

Artigo Carla Porto –

Em tempos normais sem pandemia o País já passa por constantes oscilações de inadimplência com os seus níveis crescentes, tendo milhões de pessoas com esse histórico, segundo fontes do Serasa. Na grande maioria se dá pela situação de como a economia caminha e seu maior percentual pela quantidade de desemprego que acaba afetando muito no orçamento familiar.

Para todos os profissionais da cobrança, esse momento de pandemia pode parecer algo que vai prejudicar muito no andamento de estratégicas de recuperação de créditos dos devedores, por ser uma situação atípica que estamos vivenciando. Pois além de não termos noção e nem previsão de quando a mesma terá um fim, assim podendo deixar muitos proporções negativas neste segmento.

Contudo para os profissionais que já possuem mais experiências no ramo, já se depararam em algum momento de sua carreira com alguma situação de grande dificuldade de estar alcançando os resultados pretendidos na recuperação de credito. Mas estes, tem que ter em mente que sempre de uma situação negativa, há que se tem que tirar o máximo possível de proveito para criar novas ferramentas de estar alcançando seus objetivos.

A inadimplência acaba afetando a todos na economia, pois se trata da incapacidade de pagamentos dos consumidores, que como uma engrenagem afeta o credor e segue a corrente que afeta o seu fornecedor e assim por diante.

E neste momento que não podemos perder a confiança dos devedores, sabemos que a pandemia atingiu a todos, mas não podemos nos desesperar, temos que continuar ao processo de cobrança, só que com novas estratégicas, novas formas de estar prendendo o devedor a estar efetuando acordos, flexibilizando juros e correções, criando prazos e dando equilíbrio a negociações. São algumas opções que temos para superar esse momento tão delicado que estamos vivendo com a pandemia.

O que não pode é se parar de cobrar, o trabalho tem que continuar, mas com uma dedicação maior que o normal, entendendo cada situação de cada devedor, tendo a empatia de estar se colocando na situação de cada um.

Por isso, precisamos manter uma comunicação permanente em busca de uma solução viável, tanto para o cliente e quanto para nós do setor de cobrança, assim continuar ativo o processo de recuperação de credito sempre mantendo um banco de dados com informações recentes, como histórico de contato e propostas enviadas ao devedor, assim observando aquele que esta realmente interessado a resolver a pendencia ou aquele de má fé que estar se beneficiando com a pandemia.

Carla Graziela Porto, colaboradora do escritório Giovani Duarte Oliveira, responsável pelo setor de Cobrança. Graduada em Processos Gerenciais e graduanda em Direito.

SEU NOME

SEU TELEFONE

SEU E-MAIL

ASSUNTO

MENSAGEM

Validação Captcha
captcha

Rua Defendi Casagrande, 82 - São Cristóvão, 

Criciúma - SC - CEP 88802-600

Telefone: (48) 3433 0123

Desenvolvido por Blueberry - Marketing Digital

Giovani Duarte Oliveira Advogados Associados © Todos os diteitos reservados