Controles financeiros essenciais para gestão.

Eduardo Sehnem Ferro –

Nas grandes empresas devido à estrutura e quantidade de recursos existentes, os controles financeiros e de modo geral são eficazes, controlados e bem estabelecidos. Já nas pequenas e médias empresas, o microempresário muitas vezes acumula várias funções dentro do seu negócio, tendo que gerir e operacionalizar toda parte comercial, pessoal e administrativa.  Diante desta situação de estar sobrecarregado, acaba deixando de efetuar alguns controles financeiros básicos e fundamentais para acompanhar o dia a dia da empresa.

Os controles financeiros são úteis para as decisões empresariais. Fazer esse acompanhamento é fundamental para o dia a dia da empresa. Pode-se dizer que as informações geradas com esses controles representam o primeiro estágio para a gestão do capital de giro. Podemos citar alguns controles básicos, tais como:

Controle e conciliação de caixa: registra todas as entradas e saídas de dinheiro, além de apurar o saldo existente no caixa. A principal finalidade do controle de caixa é verificar se não existem erros de registros ou desvios de recursos. O caixa é conferido diariamente e as diferenças porventura existentes têm de ser apuradas no mesmo dia.

Controle e conciliação bancária: é o registro diário de toda a movimentação bancária e do controle de saldos existentes, ou seja, os créditos nas contas da empresa, bem como todos os pagamentos feitos por meios bancários e demais valores debitados em conta.  A conciliação bancária tem a finalidade de confrontar os registros da empresa e os lançamentos gerados pelo banco.

Controle de contas a receber e recebidas: Tem como finalidade controlar os valores a receber provenientes das vendas a prazo. Deve ser organizado para fornecer informações sobre o total dos valores a receber de clientes, estimar os valores a receber que entrarão no caixa ou banco, conhecer o montante das contas já vencidas para tomar providências para a cobrança, e por fim fornecer informações para elaboração do fluxo de caixa. Também é interessante controlar as contas recebidas dentro de determinado período.

Controle de contas a pagar e pagas: possibilita que o empresário fique permanentemente informado sobre os vencimentos dos compromissos, estabelece prioridades de pagamento em caso de dificuldades financeiras, controla o montante dos compromissos já vencidos e não pagos em situações de dificuldade e fornece informações para elaboração de fluxo de caixa. A análise das contas pagas em determinado período também é importante.

Fluxo de caixa: consiste na projeção das entradas e saídas de recursos financeiros para determinado período, visando prever a necessidade de captar empréstimos ou aplicar excedentes de caixa nas operações mais rentáveis. É essencial para uma empresa elaborar um modelo de fluxo de caixa que atenda suas necessidades de informação, não sendo surpreendida pela falta de dinheiro para quitar alguma dívida, podendo prever isso e tomar alguma atitude antecipadamente.

Os controles acima citados são básicos para um acompanhamento financeiro, sendo que também outras ferramentas e índices podem ser implementados e medidos para uma melhor gestão.

Eduardo Sehnem Ferro

Controller do escritório Giovani Duarte Oliveira Advogados Associados.

Contador inscrito no CRC SC-028265/O-7, Pós-graduado em Docência do Ensino Superior.

SEU NOME

SEU TELEFONE

SEU E-MAIL

ASSUNTO

MENSAGEM

Validação Captcha
captcha

Rua Defendi Casagrande, 82 - São Cristóvão, 

Criciúma - SC - CEP 88802-600

Telefone: (48) 3433 0123

Desenvolvido por Blueberry - Marketing Digital

Giovani Duarte Oliveira Advogados Associados © Todos os diteitos reservados